Aviões são pequenos



Aviões são pequenos quando estão no céu.

Eu sou incompreensível. Louco. Ignorante e um imã de confusões. Eu sou calmo e costumo ser feliz. Eu sou mentiroso. Eu voltei a escrever depois de algum tempo, eu errei, e vou insistir no meu erro e continuar escrevendo.

Eu o conquistei, vivo o melhor amor que eu poderia ter. E isso não impede que eu cometa erros. Eu sou uma linha feita em vermelho.

Às vezes eu me explico e torço para que o remetente entenda. Às vezes, só resta torcer. Tentei aplicar o que minha mãe me ensinou, e falhei mais uma vez. Na maior parte do tempo nós gostamos de ser as marionetes. É mais confortável.

As folhas são verdes. E essa é a verdade delas. Mas também existem folhas de outras cores.

Eu nunca tenho a razão.

Eu tenho raiva. Bastante raiva.

Eu tenho sonhos, que eu não sei como conquistar. Eu não tenho mais um lugar vazio, minha música já parou e poucos.

Poucos.

Me entendem.

XX XX

Ele é azul, calmo. Seu sorriso move as maiores montanhas dentro de mim.
Ele é luz, é bom de mira e sua soma sempre será algo menor que o três.
Eu o amo. E esse sentimento é o mais puro dentro de mim. Ele é revolucionário.

0 comentários:

Postar um comentário