Eu gosto do agora

Não importa o que seremos. Eu gosto do agora.

– É tudo por você, sabia? 
– É... eu sei, mas não sei se eu quero aceitar isso. 

Eles parecem pensar, três palavras iriam explicar absolutamente tudo. Colocar as coisas nos eixos pela primeira vez. Um deles precisa de um norte para seguir, ele necessita disso da mesma maneira que o mar precisa de ondas para ser o mar. 

Ambos parecem não notar, ainda. Mas eles se complementam. Eles... são eles. 

E eles são tão perfeitos juntos! Eu gosto da música que toca quando eles dão aos mãos, eu gosto do poder que os corpos deles liberam. Eu gosto da merda toda que eles fazem juntos. 

Eles não sabem, insistem no erro. 

Tenho vontade de gritar. PORRA VOCÊS NASCERAM PRA ISSO! ACORDEM! 
Tenho vontade de fazer um apresentação de slides com todos os pontos positivos disso, sem os negativos, porque sei que eles são mais do que capazes de superá-los. 

Mas então eu me lembro de tudo.
Tudo o que eu passei.
Tudo o que eu ainda vou passar.
Talvez eles estejam certos, talvez eles acreditem no tempo,
Quem é melhor que o tempo?

Eles são bons pra caralho juntos. 

Photo by Dani Ramos on Unsplash



0 comentários:

Postar um comentário